Camião  |  Responsabilidade Empresarial 

A MAN Truck & Bus e o grossista Arndt, de Munique, testam o TGL Hybrid na operação quotidiana.

Os testes efectuados pelo especialista em higiene fornecem dados importantes para a optimização de motores híbridos em camiões de distribuição.

No caso do especialista de higiene Arndt, agora a limpeza também faz parte do programa diário de distribuição local e regional. Desde Abril de 2011, este grossista de limpeza e higiene está a testar, em cooperação com a MAN Truck & Bus AG, dois camiões do tipo MAN TGL 12.220 Hybrid, na localidade de Munique. Os testes em cliente ocorrem no âmbito do projecto "HyTruck – motores híbridos modulares para veículos industriais", imposto pelo Ministério Federal da Economia e Tecnologia alemão. Até à conclusão do projecto, no fim de Setembro, serão recolhidos conhecimentos importantes que a MAN utilizará para a contínua optimização dos seus camiões híbridos.

Desde há muito tempo que o grupo empresarial Arndt GmbH & Co. KG confia, na área da logística, nos veículos industriais inovadores da MAN. De modo a reduzir, no transporte urbano de distribuição local e regional, tanto o consumo de combustível como as emissões de CO2, a Arndt tem-se mostrado especialmente interessada em motores alternativos, em especial na tecnologia híbrida. "Neste momento, a tecnologia híbrida tem um potencial de economia significativo, para o transporte de distribuição local e regional. O trânsito urbano é um grande desafio, não só para os fornecimentos a horas, mas também para uma utilização económica e eficiente da nossa frota de camiões. Por isso, não hesitámos quando nos foi dada a oportunidade de testar dois MAN TGL 12.220 Hybrid nos nossos percursos. Pelo contrário, estamos orgulhosos de os nossos testes estarem a contribuir para a disponibilidade, de veículos industriais, com esta tecnologia inovadora", comenta Thomas Wölflein, gerente da Arndt.

Através destes testes em condições reais, a MAN obtém valiosos conhecimentos para a optimização contínua do sistema híbrido. Assim, são recolhidos, por exemplo, dados acerca da carga nos componentes híbridos individuais e a estabilidade do sistema é verificada. O trânsito do tipo "pára-arranca", no meio urbano, permite não só conclusões relativas à concepção optimizada da gestão híbrida e de energia, mas também possibilita uma análise do comportamento energético na operação quotidiana. As trocas contínuas com os operadores logísticos da Arndt fornecem, adicionalmente, informações úteis quanto à funcionalidade do sistema híbrido. A MAN utiliza os dados obtidos nos testes para determinar futuros requisitos dos sistemas híbridos, para melhorar a condução dos veículos e, por último, para continuar a optimizar a gestão energética e o potencial de economia de combustível. Desde Outono de 2010, a MAN tem colocado em serviço vários autocarros urbanos MAN Lion’s City Hybrid em metrópoles europeias, com sucesso. Neste contexto, consoante as condições de utilização, é possível obter uma economia de combustível de até 30 por cento. No serviço de distribuição de camiões, a MAN espera um consumo até 15 por cento menor.

O director de projecto Dr. Stefan Kerschl, da MAN Truck & Bus, vê no teste prático uma importante fonte de dados para demonstrar a adequação de sistemas de motor híbrido em veículos industriais ao uso diário: "O grupo empresarial Arndt está predestinado a testar o MAN TGL 12.220 Hybrid, porque corresponde exactamente ao grupo-alvo de veículos deste tipo. Fiabilidade, rentabilidade e eficiência são os factores de sucesso essenciais para motores híbridos comercializáveis. Através do uso intensivo no transporte de distribuição local e regional, adquirimos conhecimentos significativos, em condições reais. Para desenvolver, em série, sistemas híbridos adequados para as diferentes classes de veículos, a MAN intensifica continuamente o seu empenho nesta área".

No MAN TGL 12.220 Hybrid, já apresentado na IAA Veículos Comerciais 2010, tem sob a cabine, um motor diesel Common Rail de quatro cilindros, com 220 CV, em conformidade EEV. Para além disso, um motor eléctrico mais potente de 60 kW está integrado no conjunto propulsor. A embraiagem localiza-se entre o motor de combustão e o motor eléctrico. Por este motivo, o motor de combustão pode ser separado do conjunto propulsor, o que permite a operação do veículo somente a energia eléctrica. O motor eléctrico funciona com base no motor e no gerador. Por isso, aquando do funcionamento sem entrada de combustível e da operação dos travões, é possível recuperar energia e armazená-la numa bateria. Posteriormente, esta energia armazenada pode ser utilizada, de modo optimizado, para o arranque e apoio do motor diesel. Para além do motor de combustão, do motor eléctrico e da transmissão de seis velocidades automatizada, o sistema de tracção híbrido completo consiste ainda numa bateria de iões de lítio compacta, como bateria de alta tensão, e numa electrónica adicional de potência para o controlo do motor eléctrico e para a alimentação da rede de bordo de 24 V, a partir do sistema de alta voltagem. Este sistema de tracção desempenha todas as funções de um sistema totalmente híbrido: a função de arranque e paragem, a recuperação da energia de travagem, o apoio na aceleração (intensificação) e a operação do veículo somente a energia eléctrica. A inteligência do sistema reside na gestão de energia híbrida da MAN: o mesmo controla os fluxos de energia entre o motor diesel, o motor eléctrico, o acumulador de energia, o eixo de accionamento e as unidades auxiliares. Neste caso, a gestão de energia optimiza a divisão de binário entre o motor diesel e o motor eléctrico. Para além disso, assegura-se uma operação de acordo com as necessidades das unidades auxiliares. A MAN estima que, actualmente, o TGL Hybrid permite uma economia de combustível de até 15 por cento, em serviço de distribuição urbano.

O especialista de higiene Arndt faz parte da parceria comercial igefa, o grupo de grossistas líder em limpeza profissional, higiene e produtos relacionados, na Alemanha. A gama de produtos da igefa abrange mais de 12.000 artigos de limpeza e higiene, para mais de 400 áreas de aplicação, desde produtos de limpeza de uso geral a guardanapos de papel. Fazendo parte de um dos seis grupos de empresas na igefa, a Arndt possui cinco filiais na Baviera, com um total de mais de 220 colaboradores. 51 veículos de entregas garantem o fornecimento atempado de cerca de 900 encomendas diárias por clientes de cuidados de saúde, limpeza de edifícios, indústria, comércio, hotelaria e catering.