Camião 

Apresentamos os primeiros camiões de combate a incêndios Euro 6

A MAN fornece a corpos de bombeiros veículos com motores que cumprem as normas de emissões Euro 3 a Euro 6

Fabricantes de camiões de combate a incêndios apresentaram as primeiras versões Euro 6 dos seus carros de bombeiros. Escolheram chassis MAN para os mesmos. A empresa austríaca Rosenbauer concebeu este design usando um chassis MAN TGM 18.340 4x4 BB com tracção às quatro rodas. Um chassis MAN TGM 13.290 4x4 BL constitui a base na empresa alemã Ziegler. Outros fabricantes de carroçarias irão seguir o exemplo em breve e apresentar os seus produtos baseados em chassis MAN. Por conseguinte, a partir do Outono de 2013, a MAN é o primeiro fabricante de veículos comerciais capaz de fornecer a corpos de bombeiros chassis para veículos de emergência que cumprem todas as normas de emissões de gases de escape, da Euro 3 à Euro 6.

A introdução de veículos de baixas emissões Euro 6 com o seu sistema de controlo de emissões extremamente eficaz, mas tecnologicamente sofisticado, coloca novos desafios aos fabricantes de carroçarias. Têm de ter em conta o espaço adicional necessário para componentes, como o sistema de escape e o depósito de AdBlue, que são maiores do que os usados na categoria Euro 5.

Nos camiões de combate a incêndios, os compartimentos de ferramentas rebaixados entre os eixos e os degraus de acesso à cabine prolongada, de ambos os lados, ocupam o espaço dos lados da estrutura. Isto implica que componentes como a admissão do ar, a caixa de bateria e o sistema de escape, que habitualmente seriam instalados nessa área num chassis padrão, têm de ser colocados noutro local. Contudo, restrições tecnológicas limitam a liberdade criativa para a relocalização destes componentes em designs Euro 6. Graças a uma estreita colaboração entre o fabricante de chassis MAN e os fabricantes de carroçarias, foi encontrada uma solução para este problema que permite que os variados sistemas de acesso, como degraus fixos, desdobráveis ou rotativos, continuem a ser disponibilizados como habitualmente. O espaço de arrumação nos compartimentos de ferramentas rebaixados, dos lados, é preservado para garantir descargas ergonomicamente optimizadas. A admissão do ar situa-se no centro da estrutura, por baixo da cabine prolongada, junto da caixa do banco dianteiro. O silenciador de escape compacto pode ser deslocado mais para trás em chassis MAN de camiões de combate a incêndios das séries TGL e TGM e/ou instalado com rotação de 90 graus. O fabricante de carroçarias pode reposicionar de forma flexível o depósito de AdBlue de 10 litros de forma a adaptá-lo à carroçaria, usando uma linha de abastecimento extensível. Isto significa que os convencionais degraus de acesso à cabine podem ser realizados como anteriormente.

Mesmo em veículos de emergência em que o cliente tenha optado pela cabine dupla MAN padrão, os componentes Euro 6 estão instalados de uma forma tão conveniente que os instaladores de equipamento de combate a incêndios podem adicionar as suas carroçarias.

O programa de mudanças especial da caixa de velocidades automática TipMatic da MAN, introduzido no início de 2013 para a Euro 5, também está disponível para veículos de emergência da MAN conformes à norma de emissões Euro 6. Este programa caracteriza-se por uma aceleração mais rápida e uma estratégia de redução de velocidades especial para o serviço de emergência.

Em alguns países, tais como a Alemanha, Áustria e o Reino Unido, ainda será possível adquirir e registar a versão Euro 5 de veículos de emergência em 2014, com um certificado de isenção.