Camião 

Flexibilidade e eficiência nas deslocações entre a exploração agrícola e o campo com o camião agrícola MAN

Os camiões estão a tornar-se cada vez mais importantes na agricultura mundial. Efetuam os transportes entre a empresa agrícola, o campo e o armazém. As vantagens dos camiões agrícolas MAN são a sua elevada carga útil, o baixo consumo de combustível, o máximo conforto de condução e a alta velocidade típica dos camiões. Na feira AGRITECHNICA 2019, a MAN expõe no pavilhão 16 / stand D41, um MAN TGS 18.510 4x4 BLS, adequado ao setor e equipado como camião agrícola.

A máxima flexibilidade: com o camião agrícola MAN, é possível realizar muitas tarefas ao longo de todo o ano. É possível instalar semirreboques no acoplamento do semirreboque, e reboques agrícolas através do acoplamento esférico e de reboque na parte traseira da estrutura.

  • Potente gama de motores de 330 CV a 510 CV para camiões agrícolas MAN
  • Os camiões MAN são adequados para muitas das tarefas de transporte na agricultura

A agricultura enfrenta atualmente enormes desafios: as condições climáticas conduzem a variações nas colheitas, aumentam os custos energéticos e salariais, baixam os preços dos produtos agrícolas e a pressão sobre a produtividade é enorme. A utilização de camiões contribui para a realização de tarefas de transporte de forma rentável. As empresas prestam cada vez mais atenção à eficiência e aos Custos Totais de Propriedade (TCO) das suas frotas de veículos, e os clientes têm cada vez uma maior preocupação com o ambiente na cadeia de transporte. A aceitação dos camiões articulados habituais por parte dos outros utilizadores da estrada e pelo público em geral, é geralmente superior à dos tratores com reboques largos e volumosos de vários eixos.

Por razões de natureza económica, a dimensão das superfícies a cultivar aumenta. As quantidades a transportar e as distâncias aumentam e o raio de ação das empresas de transporte por conta de outrem é alargado. O número crescente de unidades de biogás resulta num aumento do transporte a longa distância para o fornecimento de milho, erva e cereais de ensilagem, bem como no transporte da remoção dos substratos de fermentação. As vantagens dos camiões adaptados ao setor agrícola são utilizadas sobretudo para as tarefas de transporte. Na MAN, isto é evidente no aumento da procura por camiões agrícolas.

Uma tarefa típica dos camiões agrícolas é o transporte de estrume do estábulo para o campo ou para o armazém intermédio. O MAN TGS 18.510, com os seus pneus agrícolas largos e que não danificam o solo, pode viajar através do campo até ao espalhador de estrume.

MAN TGS como camião agrícola

Na maioria dos casos, são tratores de semirreboque da Série MAN TGS com o semirreboque construído expressamente para trabalhos agrícolas. Dependendo da tarefa, pode alternar de forma flexível entre camiões coletores, camiões basculantes ou contentores para composto. Equipados como um complemento com acoplamentos de reboque, também é possível acoplar semirreboques ou reboques de forma flexível. Especialmente para uma utilização combinada no campo, em estradas não pavimentadas e na estrada para a exploração agrícola, o comércio de produtos agrícolas ou a empresa de transformação, o MAN TGS com tração integral está disponível com uma altura elevada de construção e com tração dianteira permanente ou comutável.

O trator de semirreboque de dois eixos exposto, o MAN TGS 18.510 4x4 BLS, convence pelo seu equipamento específico direcionado para o setor agrícola. Estão equipados com pneus agrícolas largos e que não danificam o solo com as dimensões de 445/65 R22.5 à frente e 600/50 R22.5 atrás. Desta forma, é possível manter a largura habitual dos camiões de 2,55 metros. Uns pneus tão largos cumprem os requisitos quanto à manutenção de estradas rurais e superfícies úteis ao usarem uma baixa pressão, com tração no campo graças ao seu perfil em V e uma alta velocidade de transporte, típica dos camiões rodoviários.

A tração integral permanente é a opção preferida para a utilização agrícola. Em combinação com os pneus agrícolas largos e que não danificam o solo, liberta o seu potencial quando viaja de estradas rurais para as pastagens ou campos de cultivo. A passagem direta da mercadoria transportada entre a máquina agrícola no campo e o camião evita interrupções da colheita ou do trabalho do campo, e reduz os trajetos. Por exemplo, a ceifeira-debulhadora pode esvaziar o seu silo de cereais, o espalhador de estrume pode ser carregado e o triturador pode encher o semirreboque que circula ao seu lado com aparas de relva ou silagem de milho. Além disso, nem todas as estradas de acesso aos silos em corredores, depósitos de estrume ou instalações de silos são asfaltadas. O diferencial central na caixa de transferência evita danos no campo no caso de tração integral permanente, uma vez que ao conduzir em curvas é criada uma compensação entre o eixo dianteiro e o eixo traseiro. Para obter o máximo de tração, o condutor pode acoplar os bloqueios do diferencial na direção longitudinal e, posteriormente, na direção transversal utilizando um interruptor rotativo.

A montagem de uma peça de suporte do reboque na extremidade da estrutura é opcional para os camiões agrícolas. É constituída por uma boca de engate com cavilha de engate de 38 mm e um acoplamento de cabeça esférica de 80 mm. Esta inclui esferas de direção de 50 mm para puxar reboques agrícolas com uma direção forçada. Graças a este dispositivo, nas curvas, os reboques seguem o rasto do trator de forma perfeita. Na traseira existem várias ligações para o sistema hidráulico, o fornecimento de ar do travão do reboque e os conectores de alimentação. A isto se junta uma câmara de marcha-atrás.

O sistema hidráulico instalado no MAN TGS com função Load Sensing regula o caudal e a pressão do óleo, em função das necessidades. Desta forma, a potência hidráulica total só está disponível quando é necessária. O facto de a bomba hidráulica nem sempre ter de funcionar com a capacidade total de carga, poupa combustível e contribui para a rentabilidade do veículo.

As conversões dos chassis ou dos tratores de semirreboque MAN destinados à utilização agrícola são efetuadas por empresas certificadas pela MAN. De acordo com o tipo de tarefa, trata-se de MAN Individual e de fornecedores de conversão qualificados pela MAN.

Para além das características técnicas, na Alemanha também é possível registá-lo como veículo agrícola ou florestal. A vantagem reside na largura máxima permitida do veículo até 3,0 metros, uma exceção à proibição de circulação aos domingos e da isenção da utilização do tacógrafo digital.

Posto de trabalho agradável para o condutor

O condutor acede comodamente à cabina do MAN subindo quatro degraus. Na parede traseira existe uma grande janela para poder ver a mercadoria transportada. As imagens das duas câmaras, incluindo a câmara de marcha-atrás, podem ser visualizadas no ecrã de 7 polegadas do sistema de Infotainment MAN. No painel de instrumentos, todos os instrumentos indicadores e instrumentos importantes são visíveis para o condutor. Os interruptores estão agrupados por funções. Os interruptores rotativos de controlo lógico evitam erros de intervenção ao selecionar os programas de condução MAN TipMatic e na sequência de ativação dos bloqueios. O novo sistema de direção assistida ativa MAN ComfortSteering oferece assistência ao condutor. Dependendo da situação, um motor elétrico reforça com um binário adicional o binário da direção aplicado pelo condutor, reduzindo assim o esforço necessário para manusear a direção, fazendo com que desta forma a condução seja, de forma geral, mais precisa e confortável. Adaptada à velocidade de condução, a direção é mais suave para o condutor ao manobrar, aumentando a manutenção da trajetória ao conduzir rapidamente.

O robusto para-choques de aço tripartido protege a cabina M. O acesso através do guarda-lamas esquerdo com um longo corrimão ao tejadilho facilita a visibilidade do camião basculante ou a passagem para o semirreboque. A iluminação elevada para serviço de inverno, bem como os faróis auxiliares ligados à soleira do tejadilho iluminam as imediações do veículo.

O sistema de câmara e monitor ajudam o condutor a monitorizar a área em torno do veículo, reforçando a função do espelho retrovisor e do espelho de arrumação. As situações críticas ao virar, mudar de faixa ou ao manobrar devem ser reconhecidas com suficiente antecedência no lado direito do veículo que possui uma visão reduzida. Num monitor é possível ver se existem obstáculos, como um ciclista ou um veículo pequeno, mesmo ao lado da sua cabina. Ao manobrar, é mais fácil ver obstáculos como postes, paredes ou veículos estacionados. Se o cliente assim o desejar, a MAN Individual pode instalar uma câmara com uma objetiva grande angular de 150° no lado direito da cabina, perto da extremidade do tejadilho. O monitor de sete polegadas está localizado na cabina, no pilar A ao lado do copiloto. Desta forma, o condutor também o tem na área de visão quando olha para a direita usando o retrovisor. O sistema é ativado automaticamente quando os indicadores de mudança de direção para a direita são ativados. Se necessário, o condutor também pode ativar o sistema utilizando um interruptor.

Novos motores no MAN TGS

Ao longo de 2019, a MAN lançou uma nova família de motores na versão Euro 6. Para mercados não europeus, a MAN continua a incluir no programa motores que cumprem os valores previstos das classificações de emissões de gases de escape Euro 2 a Euro 5.

A MAN concebeu o novo motor D15 de 9 litros, um motor de 6 cilindros em linha com injeção Common Rail e uma cilindrada de 9037 cc. Com os três níveis de potência de 330 CV (243 kW), 360 CV (265 kW) e 400 CV (294 kW), encontra-se equipado nas séries de camiões MAN TGS e TGX. Em comparação com o seu antecessor, a série de motores MAN D20 oferece mais potência, menos peso e maior eficiência de combustível com uma cilindrada mais reduzida. Uma vantagem significativa é o baixo peso do motor. Aproximadamente 230 quilogramas favorecem a carga útil.

Os motores aperfeiçoados da série D26 têm agora mais 10 CV de potência e mais 100 Nm de binário. Por conseguinte, os novos níveis de potência na classe de emissão Euro 6 são de 430 CV (316 kW), 470 CV (346 kW) e de 510 CV (375 kW). Especialmente a velocidades baixas e médias (como as que prevalecem num camião agrícola) é onde o MAN PriTarder, livre de desgaste, desenvolve toda a sua força de travagem. 645 kW é a potência de travagem máxima do sistema integrado no circuito de água do motor.

O camião agrícola TGS 18.510 apresentado pela MAN possui o nível de potência mais elevado em conjunto com a caixa de velocidades automatizada MAN TipMatic 12. O software de mudança de velocidades «offroad», que é oferecido nos veículos de tração integral e que é ativado no seletor da caixa de velocidades ao rodar o interruptor para a posição Dx, é especialmente adaptado às deslocações em todo-o-terreno. Evita os saltos de velocidades e possui tempos mais curtos para a mudança de velocidades, bem como rotações mais elevadas de mudança da velocidade para evitar que a força de tração da propulsão seja interrompida.

Uma novidade é a posição Dp do interruptor para o programa de mudanças Performance. Em situações em que é necessário um comportamento de condução mais ágil do que económico, esta estratégia de mudança das velocidades orientada para a potência oferece uma mudança de velocidades mais rápida, uma geração de velocidade mais ágil e uma mudança de velocidades acelerada para uma mudança mais baixa no kickdown. Algumas situações típicas podem incluir a rápida entrada numa faixa de rodagem em tráfego fluido, ou a necessidade de maiores velocidades de transporte entre os locais de carga e descarga.

As empresas contratantes podem utilizar o camião agrícola MAN TGS durante todo o ano. Para o serviço de inverno, encontram-se instaladas uma placa de montagem, luzes elevadas e luzes de identificação omnidirecionais laranja.

Utilização flexível do camião agrícola MAN TGS durante todo o ano

A flexibilidade do camião agrícola MAN é demonstrada pela sua utilização durante todo o ano. Isto fornece uma base rentável para a empresa contratante. Os pneus do camião agrícola MAN TGS podem ser trocados muito rapidamente após a conclusão dos trabalhos de campo e de colheita. Equipado com pneus com menor desgaste e menor resistência ao piso e, portanto, mais económicos, executa tarefas de transporte que são realizadas principalmente em estradas asfaltadas, por exemplo, com um semirreboque para transporte de estrume ou com um camião basculante para uma empresa de construção, ou com um limpa-neves para o serviço de inverno de uma câmara municipal.

A montagem de uma placa de montagem frontal para o limpa-neves com os respetivos indicadores de mudança de direção e faróis elevados, bem como as luzes de identificação omnidirecionais laranja no tejadilho da cabina, permitem ao empresário utilizar o camião MAN de forma rentável também durante o Inverno.

Com os seus pneus agrícolas largos e que não danificam o solo, o camião agrícola MAN TGS, pode deslocar-se ao lado do triturador no campo. A transmissão automatizada MAN TipMatic torna mais fácil para o condutor manter a velocidade e concentrar-se na manobra de condução harmonizada com o triturador.

Camiões MAN para o setor agrícola

Os camiões MAN de todas as séries são adequados para inúmeras tarefas de transporte na agricultura. Os semirreboques cisterna para resíduos líquidos, como estrume ou substratos de fermentação, bem como os conjuntos-silo com fertilizantes e forragens, dispõem de um trator de semirreboque MAN TGS ou TGX.

Os sistemas móveis de moagem e mistura são vistos no MAN TGM e TGS. A escolha do chassis depende do tamanho da instalação e da potência necessária da tomada de força para o moinho, o dispositivo de mistura, o parafuso sem-fim e a correia transportadora.

O transporte de animais deve ser efetuado com cuidado e rapidez. A suspensão pneumática dos eixos do MAN TGS ou TGX encarrega-se das mercadorias transportadas delicadas. O alojamento dos animais em vários andares da carroçaria resulta num centro de gravidade mais elevado. Para reduzir os movimentos de oscilação, a MAN oferece um pacote de estabilização de oscilações. É constituído por uma barra estabilizadora e por uma barra de direção X no eixo traseiro.

Os chassis de três eixos da série TGS, preparados pela MAN especificamente para o setor, são adequados para o transporte de recolhas de leite. O bastidor de instrumentos requer muito espaço no lado direito da estrutura. Por este motivo, a MAN desloca os grupos ali fixados, e à esquerda encontram-se agora a panela de insonorização, a caixa da bateria e o depósito de combustível. O eixo morto traseiro reduz o raio de viragem. Para melhorar as propriedades de funcionamento, também é recomendado selecionar o pacote de estabilização de oscilações de mercadorias transportadas altas.

O operador da máquina de cortar madeira senta-se na cabina do MAN TGS, modificada pela MAN Individual. As janelas grandes ocupam a parede lateral direita e a parede traseira.

MAN TGS como máquina de cortar madeira

As aparas de madeira são cada vez mais importantes. As potentes máquinas de cortar madeira de grandes dimensões sobre o chassis do camião podem ser movimentados rapidamente em estradas asfaltadas de um posto madeireiro para outro. Para a carroçaria, os fabricantes de máquinas de cortar madeira utilizam veículos de tração integral MAN TGS com potentes motores para acionar o equipamento. O novo e robusto motor D26 possui mais 10 CV de potência e mais 100 Nm de binário do que a versão anterior. A sua potência máxima é agora de 510 CV e 2600 Nm. O MAN HydroDrive é frequentemente utilizado por empresas para transportar a madeira cortada. O seu motor do cubo da roda ativável, acionado hidraulicamente, está localizado no eixo dianteiro e fornece a tração adicional necessária de que necessita ocasionalmente.

O posto de trabalho para o operador da grua, da máquina de cortar madeira e da chaminé de descarga está protegido de intempéries na cabina com ar condicionado. Para este efeito, a MAN Individual modifica a cabina com janelas amplas na parede traseira e nas laterais. No interior, o assento do acompanhante é colocado num suporte giratório sobre uma plataforma, para que o operador possa ver toda a zona de trabalho.

O equipamento do camião agrícola MAN TGS 18.510, específico para o setor, inclui os pneus agrícolas largos e que não danificam o solo, com as dimensões de 445/65 R22.5 à frente e 600/50 R22.5 atrás.

Modelo especial MAN XLION Traction, também para o camião agrícola da MAN

Nas portas da cabina, a inscrição XLION faz referência aos modelos especiais disponíveis para veículos de transporte de longa distância, tração e distribuição. O X, que faz parte do nome do "camião modelo leão", significa "extremo". Se pretender, as laterais da cabina podem ser decoradas também com um atraente desenho de um leão. Os pacotes XLION combinam equipamentos de série de alta qualidade e específicos para cada segmento, com extras e pacotes de serviços adaptados de forma especifica para cada país. As suas características de rentabilidade e conforto oferecidas pela MAN, convencem empresários e condutores.

Para além do sistema de som MAN, as luzes LED de circulação diurna e a funcionalidade ABS para a operação em todo-o-terreno também fazem parte do pacote para utilização no estaleiro. Este pacote inclui, entre outras características, um desenho com uma configuração do espaço interior menos propensa à sujidade na cor Urban Concrete, uma chapa defletora de ar sob o motor para o proteger das partículas de pó, um degrau de acesso ao lado do condutor com corrimão de grande aderência no tejadilho ou uma grelha de proteção contra projeção de pedras do lado da frente do radiador.

A MAN oferece condições especiais de After Sales aos modelos especiais XLION nos contratos de manutenção Service Contract Comfort e Comfort Super. Em função das necessidades locais, as organizações de vendas podem oferecer e adicionar pacotes especiais no equipamento, nas condições de financiamento e no volume de manutenção.

MAN TGS 18.510 4x4 BLS com equipamento de camião agrícola como modelo especial XLION. Os pneus agrícolas largos e que não danificam o solo com as dimensões 445/65 R22.5 à frente e 600/50 R22.5 atrás chamam a atenção.

A oferta dos MAN Digital Services inclui que todos os equipamentos venham equipados de série com MAN Essentials e MAN ServiceCare. Ao que é necessário acrescentar o serviço MAN Advance de forma totalmente gratuita durante os primeiros seis meses. Com as mesmas condições por um período de tempo limitado, existe o serviço MAN Compliant para veículos de construção. MAN Essentials constitui a base. A cada 15 minutos transmite a posição do veículo e fornece ao gestor de frota as informações relevantes para analisar o veículo. Com o MAN ServiceCare, os dados do veículo para planificar as datas de manutenção e os trabalhos de serviço são transmitidos para o ponto de assistência MAN correspondente. O que permite a ambas as partes, empresários e oficinas, uma planificação ideal das datas de manutenção, com o objetivo de reduzir ao máximo os tempos de imobilização dos camiões MAN. O MAN Advance prolonga o período de armazenamento dos dados do veículo do MAN Essentials de 10 dias para um período de 25 meses. E o MAN Compliant ajuda na descarga e arquivamento dos dados dos tacógrafos e dos cartões de condutor.

Dados técnicos do camião agrícola MAN exposto no stand da MAN na feira Agritechnica 2019

Modelo Trator de semirreboque agrícola com tração integral permanente
MAN TGS 18.510 4x4 BLS
Distância entre eixos 3900 mm
Suspensão Suspensão por molas de lâminas no eixo dianteiro 9,5 t
Suspensão pneumática no eixo traseiro 13,0 t
Altura de construção Tipo de construção alto
Cabina M com 2 lugares e escada lateral, para-choques de aço tripartido
Motor Motor de 6 cilindros em linha D26 CommonRail, norma de gás de escape Euro 6 com MAN PriTrader
Cilindrada 12 419 cm3
Potência 510 CV (375 kW) às 1800 RPM
Binário 2600 Nm às 930 - 1350 RPM
Caixa de velocidades MAN TipMatic 2820 Overdrive com software de mudança da velocidade Offroad
Eixo traseiro Eixo planetário exterior
Transmissão dos eixos i = 4,00
Velocidade 1,5 - 89 km/h
Carga sobre o eixo permitida com pneus agrícolas frente 9000 kg/traseira 10 000 kg
Peso total admissível 18 000 kg
Peso total admissível do conjunto 40 000 kg (tecnicamente 44 000 kg)
Pneus Eixo dianteiro 445/65 R 22.5
Eixo traseiro 600/50 R 22.5
Pintura Cabina castanha Havana metalizado
Jantes em alumínio branco RAL 9006
Estrutura vermelho carmim RAL 9002
Equipamento agrícola específico para o setor Tomada de força do lado do volante do motor
Conversão para pneus agrícolas
Peça de suporte do engate de reboque na extremidade da estrutura com esferas de direção
Sistema hidráulico Load Sensing
Câmara de marcha-atrás
Soleira do teto de aço inoxidável com 4 faróis de trabalho
Iluminação de serviço de inverno