Camião  |  Eventos & Feiras 

Simplifying Business – MAN Truck & Bus na feira de veículos comerciais IAA 2018

O fabricante de veículos comerciais MAN Truck & Bus apresenta as suas inovações ao mundo na feira de veículos comerciais IAA 2018 – sob o lema “Simplifying Business”. A feira tem lugar em Hanover de dois em dois anos. Além dos actuais destaques de produtos nos sectores de camiões e autocarros, a MAN focou-se particularmente na introdução de desenvolvimentos nas áreas da mobilidade eléctrica, digitalização e condução autónoma.

  • De 3.5 a 26 toneladas: a MAN exibe camiões eléctricos para tráfego urbano
  • Estreia mundial da carrinha eléctrica MAN eTGE
  • A MAN apresenta o conceito de um camião urbano eléctrico sustentável e flexível – o CitE
  • O platooning reduz as emissões de CO2 e garante mais segurança na autoestrada
  • A MAN apresenta os MAN DigitalServices, os primeiros serviços digitais totalmente pensados para veículos MAN
  • A MAN está a passar de fabricante de veículos comerciais para fornecedor de soluções de transporte inteligentes e sustentáveis

“Ajudamos os nossos clientes a tornar os seus negócios mais simples, lucrativos, sustentáveis e prontos para o futuro.”

“Mobilidade eléctrica, digitalização, condução autónoma – muitos dos nossos clientes querem saber mais sobre estes temas. Na IAA queremos dar respostas simples a questões complexas”, indicou Joachim Drees, Presidente do Conselho Executivo da MAN Truck & Bus AG. “Para isso, criamos soluções adaptadas às necessidades dos nossos clientes e ajudamo-los a tornar os seus negócios mais simples, lucrativos, sustentáveis e prontos para o futuro.” Nesse sentido a MAN desenvolveu novos veículos e soluções digitais, que podem ser conhecidos na exposição de Hanover. Estas soluções digitais ajudam a optimizar a análise dos veículos e a gestão de manutenção, por exemplo.

“O future do transporte de mercadorias e passageiros nas cidades é eléctrico.”

Na IAA, a MAN tem em exibição a MAN eTGE, uma versão da nova carrinha da MAN com propulsão eléctrica, e ainda um camião de distribuição totalmente eléctrico, o MAN eTGM. A MAN é um dos primeiros fabricantes a apresentar soluções completamente eléctricas para todo o sector da logística urbana, entre as 3.5 e as 26 toneladas. Joachim Drees acredita que esta é a mais importante área de aplicação de veículos comerciais eléctricos: “Os centros urbanos são o melhor palco para os camiões eléctricos revelarem os seus pontos fortes. São livres de emissões, contribuindo assim para melhorar a qualidade do ar nas cidades. São também extremamente silenciosos o que significa que, no futuro, as entregas em supermercados poderão ser efectuadas durante a noite sem qualquer ruído, por exemplo – o que reduz simultaneamente o tráfego diurno. Acreditamos que o futuro do transporte de mercadorias e passageiros nas cidades é eléctrico.”

O destaque da exposição é o MAN CitE, um camião urbano com propulsão eléctrica, que apresenta conceitos inovadores e soluções criativas. O veículo de 15 toneladas (que foi desenvolvido em apenas 18 meses) foi especialmente desenhado para o transporte de distribuição em centros urbanos.

Como os motoristas de distribuição urbana podem ter de entrar e sair dos veículos até 30 vezes por dia, o CitE tem uma entrada invulgarmente baixa e portas especialmente largas; a porta do ajudante de motorista abre-se ao carregar num botão. O cockpit é a perfeição ergonómica, permitindo ao motorista uma excelente vista panorâmica graças a uma posição sentada baixa e grandes janelas laterais.

Além disso, o CitE inclui um sistema de câmaras de 360º que oferece um elevado nível de segurança, eliminando os ângulos mortos. O CitE é totalmente eléctrico, e tem uma autonomia de 100 km – o que é mais do que suficiente para o transporte de distribuição urbano.

Joachim Drees afirma: “O CitE é mais do que um conceito de veículo; é a nossa resposta para as necessidades do transporte de mercadorias na cidade.”

Mesmo no caso dos autocarros urbanos, o claro caminho a seguir é o da propulsão eléctrica. É por este motivo que a MAN desenvolveu parcerias para testes em locais como Munique, Hamburgo, Wolfsburgo e Luxemburgo, que permitem a incorporação de experiências de transporte quotidianas no desenvolvimento da produção de série. Um protótipo em fase final do MAN Lion’s City E também será apresentado pela primeira vez na IAA deste ano.

O autocarro eléctrico é propulsionado por um motor no eixo direccional, o que permite a criação de espaço para uma área de assentos optimizada na traseira, permitindo a colocação de quatro bancos adicionais no autocarro.

As baterias são à prova de embate, e estão colocadas no tejadilho, de forma a poupar espaço; possuem uma autonomia de até 270 km e podem ser carregadas em apenas três horas.

O próximo passo será dado em 2020, quando uma frota de demonstração de autocarros eléctricos for testada em diferentes cidades europeias em utilização diária, antes do início da produção em série da versão eléctrica do MAN Lion’s City. Este extenso teste vai permitir garantir que os veículos cumpram o elevado nível de fiabilidade exigido no transporte de passageiros.

“O platooning reduz as emissões de CO2 e garante maior segurança nas autoestradas.”

O platooning de camiões desenvolvido pela MAN já está a ser testado. Uma barra de engate electrónica liga dois ou mais camiões; o camião da frente define a velocidade e direcção, e o camião seguinte segue-o a uma curta distância de 10 a 15 metros. O comboio de camiões poupa até 10% de combustível graças ao aproveitamento das correntes de ar afastadas pelo camião dianteiro. Esta sempre presente um motorista no veículo que segue atrás, que pode intervir e controlar o sistema, se necessário. “O platooning reduz as emissões de CO2 e garante maior segurança nas autoestradas. Bastam apenas 5 milissegundos para o sistema electrónico do camião que segue atrás reagir à travagem do veículo da frente – mais rápido do que a reacção de qualquer humano. Esta tecnologia tem o potencial de reduzir significativamente o número de colisões traseiras na autoestrada”, indica Drees.

Desde o fim de Junho que o projecto de platooning da MAN tem vindo a realizar viagens na autoestrada A9 entre Munique e Nuremberga, como parte de um projecto piloto. Em conjunto com a DB Schenker, o fabricante de veículos comerciais está a testar o desempenho desta tecnologia em verdadeiras condições de tráfego. Os testes no terreno estão a ser monitorizados pela Universidade de Ciências Aplicadas de Fresenius, que está a estudar os efeitos desta tecnologia nos motoristas.

O sistema de assistência à travagem de emergência (que já não pode ser desactivado em camiões e autocarros) oferece ainda mais segurança, bem como o sistema de monitorização com câmaras, que permite ao motorista fazer curvas mais facilmente, e que poderá evitar acidente graves graças à eliminação do ângulo morto.

O sistema MAN aFAS, em exibição no stand da TRATON, já provou que está pronto para ser implementado. Devido às comuns e graves colisões traseiras em autoestradas com veículos de acompanhamento de segurança, a MAN conectou digitalmente dois veículos, de modo a que o veículo de segurança traseiro possa ser operado sem motorista.

“A MAN está a passar de fabricante de veículos comerciais para fornecedor de soluções de transporte inteligentes e sustentáveis.”

As inovações digitais são um dos principais focos da MAN na IAA deste ano. “A MAN está a passar de fabricante de veículos comerciais para fornecedor de soluções de transporte inteligentes e sustentáveis” afirma Joachim Drees. Foi por isso que a MAN criou a marca digital RIO em 2016, de modo a conectar o mundo dos transportes através de uma plataforma aberta com base na cloud, e que ajuda a tornar o sector mais eficiente e ecológico. Para destacar a sua abordagem aberta e compatível com todas as marcas, o RIO tornou-se uma marca independente, que faz parte do Grupo TRATON desde 2017.

Nesta plataforma, a MAN oferece aos seus clientes as primeiras soluções digitais especificamente pensadas para veículos MAN, os denominados MAN DigitalServices. No futuro, este serviço permitirá que os clientes recebam informação em tempo real dos dados dos veículos e análises de utilização, independentemente da sua localização, a partir das quais serão dadas recomendações específicas para cada veículo e cliente. A MAN introduziu ainda serviços adicionais para optimizar a análise dos veículos e gestão de manutenção, que estão a ser apresentados na IAA 2018. Com o RIO como parceiro estratégico, os clientes da MAN beneficiam de diversos serviços digitais para os seus veículos; a gestão de frota torna-se uma tarefa mais simples, e os negócios ficam mais lucrativos. Os operadores de frotas mistas têm também acesso a uma base uniforme de serviços digitais adequados a toda a frota, seja qual for a marca dos veículos.