Camião  |  Eventos & Feiras 

Volkswagen otimiza o fluxo de tráfego com computadores quânticos

O grupo Volkswagen lançou o primeiro projeto piloto do Mundo para a otimização de tráfego com um computador quântico, D-Wave em Lisboa. // Foi usado numa frota de autocarros MAN em Lisboa durante a cimeira de tecnologia - WebSummit (4 a 8 de Novembro)

Wolfsburg / Lisboa, 29 de Outubro de 2019 – A Volkswagen lançou, em Lisboa, o primeiro pro-jeto piloto do Mundo para a otimização de tráfego usando um computador quântico. Para esse efeito, o Grupo equipou autocarros MAN que circulam em Lisboa com um sistema de gestão de tráfego desenvolvido internamente. O sistema usa um computador D-Wave e calcula a rota mais rápida para cada um dos nove autocarros participantes individualmente e quase em tempo real. Desta forma, o tempo de viagem dos passageiros será significativamente reduzido, mesmo durante os picos de tráfego, melhorando assim o fluxo de tráfego. A Volkswagen testou este sistema de otimização de tráfego durante a cimeira da tecnologia WebSummit que se realizou em Lisboa de 4 a 8 de Novembro – durante a cimeira, os autocarros transportaram centenas de pessoas pelo trânsito da cidade de Lisboa.

Martin Hofmann, CIO do Grupo Volkswagen, diz: “Na Volkswagen, pretendemos expandir o nosso conhecimento especializado no campo da computação quântica e desenvolver um entendimento aprofundado de como esta tecnologia pode ser usada de maneira significativa para a empresa. A otimização de tráfego é uma das possíveis aplicações. A gestão inteligente de tráfego, com base nos recursos de desempenho de um computador quântico, pode fornecer um suporte eficaz para as cidades e passageiros.”

Vern Brownell, CEO da D-Wave, diz: “O uso da computação quântica pela Volkswagen para resolver problemas globais generalizados, como a gestão de tráfego inteligente, é um exemplo do impacto real no mundo que as aplicações quânticas terão em breve nas nossas cidades, comunidades e no nosso dia-a-dia. Desde que construiu o primeiro computador quântico, a D-Wave tem-se focado na conceção de sistemas que permitam o desenvolvimento de aplicações quânticas e que acrescentem valor comercial.

O projeto piloto da Volkswagen é um dos primeiros, que conhecemos, que produz um computador quântico e, a sua inovação contínua aproxima-nos mais do que nunca da verdadeira e prática computação quântica.”

O sistema inclui dois componentes: previsão do número de passageiros e otimização de rotas

O sistema de gestão de tráfego da Volkswagen inclui dois componentes – previsão do número de passageiros e otimização de rotas por computação quântica. Para as previsões, a equipa de desenvolvimento da Volkswagen usa ferramentas de análise de dados para identificar paragens com uma quantidade especialmente elevada de passageiros em determinados momentos. Para isso, são utilizados dados anónimos de coordenadas geográficas e de fluxo de passageiros. O objetivo é oferecer ao maior número de pessoas possível transporte adequado e otimizar a frota de autocarros.

Para o projeto piloto em Lisboa, foram selecionadas 26 paragens e conectadas para formar quatro traje-tos de autocarros. Por exemplo, um desses trajetos facilitou o trânsito desde as instalações da WebSummit até ao Marquês de Pombal no centro da cidade.

A equipa da Volkswagen pretende continuar com o desenvolvimento desta componente de previsão. A ideia é que as transportadoras possam adicionar trajetos temporários aos serviços programados de forma a servirem paragens com o maior número de passageiros.

Os especialistas da Volkswagen desenvolveram um algoritmo quântico para a otimização das rotas entre paragens. Este algoritmo calcula, individualmente, a rota mais rápida para cada autocarro da frota e otimiza-o quase em tempo real. Ao contrário dos serviços de navegação convencionais, o algoritmo quântico atribui a cada autocarro uma rota individual. Desta forma, cada autocarro consegue contornar zonas de maior tráfego e evitar antecipadamente engarrafamentos.

Os especialistas da Volkswagen esperam que este desenvolvimento tenha um efeito positivo. Como os autocarros viajam por rotas otimizadas individualmente, calculadas para garantir que os mesmos nunca causem congestionamento, será uma grande melhoria no fluxo de tráfego da cidade.

A Volkswagen pretende desenvolver o sistema para o mercado consolidado

No futuro, a Volkswagen planeia desenvolver o sistema de otimização de tráfego para o mercado consolidado. Por esta razão, os programadores da Volkswagen projetaram o sistema para que possa vir a ser aplicado a qualquer cidade e a frotas de veículos de qualquer tamanho.

Já estão a ser considerados outros projetos piloto para cidades na Alemanha e outros países Europeus. A Volkswagen acredita que este sistema de otimização de tráfego possa ser aplicado em empresas de transporte público, empresas de táxis ou gestores de frota.

A Volkswagen e a computação quântica

A Volkswagen está em cooperação com os seus parceiros de tecnologia, a D-Wave e a Google, que fornecem os especialistas com acesso aos seus sistemas de computador. Em 2016, a equipa da Volkswagen demonstrou, com sucesso, a otimização de rotas sem congestionamentos para táxis na capital Chinesa, Pequim. Desde então, o desenvolvimento do algoritmo tem sido permanente e é protegido por patentes nos EUA.


Nota:

Texto e imagens disponíveis em: www.volkswagen-newsroom.com.
Sobre a D-Wave: www.dwavesys.com